tera; 21 novembro 2017

Movimento InterGrande

Gigante para Sempre: Mais uma conquista para o torcedor COLORADO!

19/03/2012

O Movimento político INTER GRANDE, fundado no final dos anos 90, sempre teve como objetivo rever conceitos, quebrar paradigmas e romper com estruturas de gestão que não se mostravam suficientes para alavancar o SPORT CLUB INTERNACIONAL ao patamar que se encontra hoje.

A filosofia idealizada por Fernando Carvalho, com a colaboração de outros fundadores do INTER GRANDE, baseava-se no planejamento estratégico, inclusive com objetivos de longo prazo. Tinha como valores a pacificação das forças políticas, a inclusão de todos os segmentos, a valorização dos sócios, a democracia, a discrição e a lealdade no trato dos interesses colorados.

Esses princípios estão materializados no Estatuto do INTER GRANDE, que frente à gestão do Clube, preserva-os na sua integralidade. Merece referência o conjunto de direitos e deveres dos integrantes que preconiza a discrição, a democracia interna e a lealdade.

Assim, eventuais divergências de pensamentos entre seus integrantes são aceitas com naturalidade. Contudo, como regra, as manifestações do INTER GRANDE são uníssonas e refletem a posição do grupo, por suas instâncias orgânicas, inclusive em decisões assembleares.

O INTER GRANDE, reiteradas vezes, dirige-se aos sócios colorados e à imprensa comunicando o apoio expresso às decisões dos órgãos de gestão do Clube, notadamente, às do Presidente Giovanni Luigi, sobre o qual recaem as maiores responsabilidades pela importância do cargo que ocupa.

O INTER GRANDE apoia de maneira irrestrita a Gestão Giovanni Luigi, que bem conduz o destino colorado com valores éticos e transparência, adotando as melhores e mais modernas técnicas de administração. A discrição, o planejamento das ações e a decisão democrática e oportuna são instrumentos bastante utilizados no trato dos interesses do Campeão de Tudo.

Após o primeiro ano de gestão, é notório o cumprimento dos compromissos firmados na campanha eleitoral. No futebol, a Gestão Giovanni Luigi mantém o grupo principal de jogadores e ainda o qualifica com contratações pontuais, de impacto, além de privilegiar as categorias de base. Na área administrativa: racionaliza despesas e não toma empréstimos bancários – com criatividade e austeridade, honra em dia os compromissos financeiros.

Inegavelmente isso se reflete de forma positiva dentro do campo, objetivo principal de um clube de futebol. O primeiro ano do atual mandato foi o mais profícuo na conquista de títulos, comparativamente a de outros integrantes do INTER GRANDE que estiveram na presidência do Clube.

Embora não se tenha conquistado tudo que se pretenderia, tem-se a convicção de que não faltou determinação para a busca incessante de resultados, afinal, o INTER GRANDE é composto por colorados vencedores, intransigentes na defesa da grandeza do Clube.

A modernização do Complexo do Beira-Rio é exemplo de condução democrática das decisões do Clube. A Gestão Giovanni Luigi levou a discussão em torno do modelo de construção a todas as instâncias decisórias. O Conselho Deliberativo, no exercício das suas funções representando o sócio colorado, com absoluta liberdade, fixou posição majoritária expressiva reconhecendo e autorizando a forma que está se concretizando.

O trabalho foi complexo e exigiu preparo do Presidente Giovanni Luigi para o cargo que ocupa, muito bem auxiliado pela competente Diretoria que reuniu.

A história é o melhor dos documentos para mostrar que os acertos são muitos, marca do trabalho obstinado de quem tem a convicção daquilo que prega e faz.

O início das obras de modernização do Beira-Rio é a concretização do sonho de todos os colorados e marcará a atual Gestão pela realização efetiva do projeto Gigante para Sempre, com muita responsabilidade.

Parabéns, Presidente Giovanni Luigi, por mais essa difícil conquista que entrará para a história centenária colorada.